Laboratorio Otico Rigor Sobre o Laboratorio Rigor Lentes, equipamentos Processo de Surfaçagem, Processo de Coloração e Tratamento Anti-risco, PRODUÇÃO – Montagem Fique de Olho noticias Area do Cliente contato

FIQUE DE OLHO
O Olho Humano
  - Anatomia
  - Deficiências

Lentes
  - Tipos
  - Materiais
  - Tratamentos

Glossário

Artigos Especiais

Lentes Tipos

O QUE É LENTE?

É um meio de cristal ou sintético, transparente e limitado por superfícies curvas.

 


LENTES CONVERGENTES
São mais espessas no centro do que nos bordos, sua curva convexa (base externa) é mais acentuada do que a curva côncava (base interna).

  • Quando se desloca uma lente positiva, o objeto caminha em sentido contrário.
  • O centro ótico de uma lente positiva coincide com sua espessura mais grossa.
  • Ao olharmos no rosto de uma pessoa, notaremos que a lente aumentará o tamanho dos olhos.

 

LENTES DIVERGENTES
São mais finas no centro do que nos bordos, sua curva convexa (base externa) é menos acentuada do que a curva côncava (base interna).
  • Quando se desloca uma lente negativa, os objetos se deslocam no mesmo sentido.
  • O centro ótico de uma lente negativa localiza-se no seu ponto mais fino.
  • Ao olharmos no rosto de uma pessoa, notaremos que a lente diminuirá o tamanho dos olhos.

CENTRO ÓTICO
É o ponto mais espesso de uma lente positiva e o mais fino de uma lente negativa, onde o raio de luz atravessa sem sofrer desvio, e deve ser posicionado no centro geométrico da pupila do usuário.

TIPOS DE LENTES

QUANTO À SUPERFÍCIE
Quanto à superfície, as lentes são classificadas como lentes esféricas ou cilíndricas. Explicando de um modo mais simples, a lente cilíndrica serve para corrigir problemas de astigmatismo. Para todas as outras ametropias, a lente é do tipo esférica. No entanto, se uma pessoa sofre de astigmatismo combinado a outra ametropia qualquer, sua lente será esférico-cilíndrica.

QUANTO AO CAMPO DE VISÃO
Refere-se ao número de distâncias focais que uma lente pode ter, ou seja, quantos campos de visão que ela pode possuir. As lentes oftálmicas se dividem em lentes simples (ou monofocais) e lentes compostas (ou multifocais).

MONOFOCAIS
As lentes de visão simples são aquelas que se destinam a um só campo de visão.

MULTIFOCAIS
As multifocais constituem dois ou mais campos de visão, com distâncias focais diferentes, classificadas em bifocais, trifocais ou progressivas. Elas são como que duas ou mais lentes simples unidas num só bloco, onde uma parte é empregada para visão de longe e outra para visão de perto. Quanto mais aperfeiçoada é a lente multifocal, menor é o desconforto do usuário, devido à diminuição do chamado salto de imagem e a aberração cromática.

O salto de imagem é provocado pela diferença de efeito prismático entre a parte empregada para visão de longe e o segmento(nome dado à parte da lente que se destina à visão de perto), cujos centros ópticos normalmente se colocam afastados um do outro, provocando um deslocamento da posição da imagem entre a visão de longe e a visão de perto. Com a elaboração de tipos de segmentos nos quais se procura aproximar mais os centros ópticos, bem como a elaboração de lentes de focos progressivos, o problema do salto de imagem tem sido satisfatoriamente solucionado.

Bifocais:
São lentes com dois campos de visão, sendo um para longe e outro para perto, separados por uma linha divisória visível. São usados por pessoas que possuem presbiopia (falta de visão para perto).

Multifocais Progressivas:
São lentes com múltiplos campos de visão, isto é: para longe, para perto e também para meia distância, porém não apresentando nenhuma linha divisória, dando muito mais conforto ao usuário.

ALGUNS TIPOS DE LENTES

Lentes tóricas: São lentes com curvas mais acentuadas, sempre possuindo duas forças focais, uma esférica e uma cilíndrica.(grosso modo significam lentes cilíndricas).

Lentes base flat: São lentes com uma das curvas plana.

Lentes asféricas: lente que aumenta o campo de visão nítida, na sua periferia, reduzindo o astigmatismo marginal e sua asfericidade geométrica ajuda a reduzir a espessura central da lente e com isso diminui o efeito olho de boi.

Termo asfericidade:

No design atual das lentes são três os tipos de asfericidades empregadas.

1. Asfericidade ótica, para produzir lentes mais planas.
2. Asfericidade geométrica, para diminuir a espessura das lentes.
3. Asfericidade progressiva, para produção de mudanças de grau na superfície da lente.

Lentes Omega índice 1.502: são asféricas e indicadas para compensação de afacia, para operados de catarata a moda antiga.

Resina índice 1.530: hiperlight trivex asférica

Tipos de lentes asféricas médio e alto índice: hyperal ormex 1.560, sola light 1.560, 1.600 positivo 1.670 positivo. Uma das principais vantagens das lentes asféricas é proporcionar a diminuição das espessuras centrais e automaticamente a espessura de periférica e de bordas. Com isso termos lentes mais leves, mais finas, e quanto menor a espessura central menor ficará o tamanho dos olhos.

Lentes negativas NPU 1.700 bi-asférica.

LENTES PARA ESTÉTICA

Estética de prisma
Recurso usado nos casos extremos quando percebemos que as lentes ficarão muito grossas no lado nasal. Não é um recurso aconselhado, pois pode trazer algum tipo de desconforto para o usuário. (maiores informações leia artigo Estética de prisma: será que compensa?)

Cilíndrico cruzado
Esse recurso nos possibilita dividirmos a espessura exagerada nas bordas da lente quando o cilíndrico dela é muito forte.

Fosca ou ocluida
Lentes com uma das superfícies sem polimento obstruindo a visão. É utilizada em tratamentos de estrabismo para obrigar a visão a ser exercitada pelo olho atrofiado ou em casos de afácia monocular.

Equilíbrio de peso
Aproximação da espessura entre as lentes com finalidade estética. Usadas em casos em que o cliente não tem visão alguma em um dos olhos. São recomendadas para uma melhor aparência dos óculos.

Em casos de dioptrias positivas ou negativas fortes, a melhor opção se o cliente não tiver visão será aproximar as dioptrias para melhorar aparência dos olhos. (aproxima também o tamanho dos olhos).

Lenticuladas
Definida em coroa circular, são feitas para altas dioptrias negativas e positivas com desejo de disfarçar suas bordas. São lentes indicadas na confecção de altas dioptrias negativas e ou positivas.

Ex: lenticuladas negativas e lenticuladas katral positivas.